Avalia

Avaliação de Competências

Competências e Habilidades

A avaliação educacional externa em larga escala permite aos gestores verificarem o sucesso obtido na implementação de projetos pedagógicos cujo objetivo é garantir o desenvolvimento de competências fundamentais que assegurem a plena inserção social dos alunos.

Uma competência abrange a compreensão de processos, princípios elementares e recursos cognitivos utilizados pelo indivíduo para que ele possa resolver ou atuar em situações-problemas. Durante toda sua vida, o individuo desenvolve diversas competências, não apenas no ambiente escolar ou pela aprendizagem formal, mas também por meio da interação com colegas, famílias e sociedade.

Cada competência é formada por um conjunto de conhecimentos e habilidades mobilizados para executar uma ação. Portanto, uma pessoa com alto nível de competência apresenta conhecimentos e habilidades variados.

Nos estudantes, o desenvolvimento de competências cognitivas pode ser observado por meio de suas respostas a itens cuja solução depende de certa habilidade ou conhecimento ligados a determinado nível de domínio da competência considerada. Por exemplo, uma pessoa demonstra determinado nível de domínio da competência leitora se for capaz de entender os textos que lê. Assim, ao ter contato com textos de gêneros, formatos, complexidade e temas diferentes, se ela for capaz de mobilizar habilidades diversas, como a de compreensão, identificação, comparação e interpretação, será atestado seu nível de domínio nessa competência.

Matriz de Referência

Muitas avaliações educacionais externas aplicadas em larga escala, como é o caso da AVALIA, do Enem, da Prova Brasil e do Pisa, examinam o desenvolvimento de habilidades que atestam o nível de domínio de competências pelos alunos. Para isso, cada um dos itens utilizados nos testes foi classificado segundo as habilidades estabelecidas em documentos de orientação para a realização dos projetos de avaliação.

Esses documentos são chamados de Matrizes de Referência (ou Matriz de especificação) e contribuem para organizar e categorizar habilidades relacionadas a determinado tipo de conteúdo ou conhecimento, que são, então, agrupados em subcompetências, tópicos, tipos de gênero textual, contexto de uso, entre outros.

Provas e itens

Uma questão, caracterizada por seus valores exclusivamente pedagógicos, é uma pergunta ou um comando formulado por educadores de cada área do conhecimento, que pode conter uma sequência de alternativas entre as quais apenas uma é a correta ou que pode exigir uma dissertação do aluno. No caso de uma avaliação educacional, as questões são elaboradas com base nas habilidades presentes na Matriz de Referência do projeto.

A questão se torna um item quando ela a passa a conter análises estatística das respostas dadas pelos alunos (ou seja, após a sua primeira aplicação), que se relacionam diretamente à habilidade requisitada para sua resolução e probabilidade de acertar. Ou seja, o item testa a proficiência do estudante.

Para conhecer exatamente o grau de domínio de determinada competência por um estudante, é preciso que o teste contemple o maior número possível de itens de diferentes dificuldades, que exijam diferentes habilidades e conhecimento de diversos conteúdos para sua resolução. No entanto, um único teste com essa abrangência seria dificilmente respondido por um aluno dessa etapa de ensino – aspectos como cansaço e falta de motivação exerceriam influência negativa sobre o seu desempenho e, consequentemente, os resultados seriam alterados.

Por esse motivos, nas avaliações educacionais, os itens são organizados em blocos e, posteriormente, em cadernos de prova (instrumentos de avaliação), o que representa uma solução para o problema de como distribuir um grande número de questões aos alunos e diminuir a carga de um teste educacional sobre eles. Essa forma de distribuição, utilizada para uniformizar a exposição de itens aos alunos, é denominada Blocos Incompletos Balanceados (BIB). É especialmente útil, no uso da Teoria de Resposta ao Item, para análise estatística dos resultados.

Saiba como é feita a análise estatística em uma avaliação educacional